Gerenciar Textos

Aumentar Diminuir

Deficiência Visual

Ativar alto contraste

Deficiência de Fala

Instalar tradutor Libras

SOBRE

CURITIBIM é uma mostra de canções para crianças. Teve suas primeiras edições realizadas em 2015 e em 2018. Nestas edições contou com a participação de 15 artistas de diferentes regiões do Brasil. A terceira edição será realizada no dia 23 de agosto de 2020 no Teatro Guairinha, em Curitiba. O projeto promove e valoriza a produção musical brasileira dirigida a crianças. Tem como resultados um show, um bate-papo entre músicos e plateia, um colóquio educacional e uma série de vídeos produzidos com os artistas selecionados.
 
CURITIBIM é uma realização da Parabolé Educação e Cultura e conta com a curadoria de Milton Karam e Rosy Greca, artistas curitibanos que possuem reconhecida trajetória profissional na música infantil.

O PROJETO / Mostra de música Curitibim

CURITIBIM foi criado tendo em vista a atual conjuntura de produção e distribuição da música infantil. Pretende abrir uma nova janela no panorama da música brasileira feita para crianças, por meio da qual seja possível visualizar o quão criativo e diversificado é este campo de produção artística.

De um lado, milhares de crianças se entretém diariamente com os ícones da indústria cultural que, muitas vezes, não representam a diversidade cultural brasileira e, de certo modo, limitam a experiência estética. De outro, o Brasil reúne centenas de grupos artísticos independentes, que se destacam, cada qual em sua região de abrangência, fomentando a produção musical para crianças com a preocupação da formação intelectual e cultural dos pequeninos.

O CURITIBIM surge para aproximar estes dois lados, como mais uma ferramenta de potencialização e divulgação de produções criativas, autorais e independentes. E contribui com a ampliação das formas de distribuição dos produtos musicais destinados à criança no Brasil

INSCRIÇÃO PARA ARTISTAS

OBJETIVOS / Onde queremos chegar

- Fomentar a produção musical dirigida ao público infantil no Brasil.
- Valorizar a produção musical infantil independente como um campo da economia criativa que se expande, gerando visibilidade e valorizando compositores e intérpretes que dedicam suas carreiras a pensar produtos artísticos para a infância.
- Destacar a cidade de Curitiba como um polo de fomento e produção de música infantil, trazendo músicos de diferentes partes do Brasil e selecionando ao menos um artista local.
- Chamar a atenção de produtores musicais do setor para artistas que desenvolvem suas carreiras de forma regionalizada e não encontram meios de distribuição nacional de seus produtos.
- Promover o intercâmbio entre compositores, intérpretes e produtores de diferentes regiões do país.
- Promover a interação das crianças com os artistas.

COLÓQUIO / O desenvolvimento da musicalidade nas relações entre família e escola.

Dentre as ações complementares da terceira edição do CURITIBIM, destaca-se o colóquio que acontece no mesmo palco da mostra, um dia depois do evento principal.  Trata-se de uma atividade de cunho formativo, que visa contribuir para a diversificação das fontes artísticas e culturais utilizadas por pais e profissionais da educação junto às crianças.

No palco, propondo reflexões, estarão os compositores Milton Karam e Rosy Greca, com a mediação do arte educador Nélio Spréa. A entrada é gratuita. Data: 24 de agosto / Horário: 9:00h / Local: Teatro Guairinha. 

Fazer Inscrição

SELECIONADOS

Badulaque

Badulaque é um duo de música infantil de São Paulo/SP, formado por Daniel Ayres e Julia Pittier. Apresentando um repertório autoral, os arranjos da dupla são compostos a partir da utilização de instrumentos não convencionais, percussão corporal, sapateado, violão elétrico, piano e efeitos eletroacústicos. As letras das músicas focam na criatividade, na curiosidade e na inteligência da criança. Com a Palavra Cantada desde 2005, Julia e Daniel criaram diversas atividades musicais interativas que resultaram em livros e DVDs que se tornaram material didático em vários municípios do Brasil. Daniel e Julia também participam da banda Batuntã, que pesquisa e cria ritmos populares diversos com percussão e instrumentos de sopro.

Cria

Cria é um grupo que valoriza a inteligência da criança, vem do Rio de Janeiro/RJ para o Curitibim Maira Martins e Gustavo Pereira. A proposta dos shows da companhia é homenagear os pequenos, mas sempre mantendo a comunicação com a família inteira. O objetivo é fazer com que todos se sintam em casa. O repertório do grupo une músicas inéditas, consagradas e textos clássicos de literatura infantil.

Dois é Bom

De Curitiba/PR e formado em 2011 por Candiê Marques (músico, ator, palhaço e educador) e Doriane Conceição (musicoterapeuta, atriz e educadora), o duo Dois é Bom apresenta um trabalho cênico musical envolvendo a composição de trilhas sonoras, a contação de histórias, montagem e apresentações de espetáculos teatrais, shows e oficinas musicais.

Márcio Coelho e Ana Favaretto

De Ribeirão Preto/SP e completando 25 anos de carreira, Márcio Coelho e Ana Favaretto reúnem diversos feitos no universo da canção infantil. Circularam em turnê por múltiplas cidades do Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Colômbia e México. Também desenvolveram projetos e shows, idealizaram encontros e movimentos para promover a música para crianças. Em seu repertório de atividades, tem um acervo de CDs próprios lançados.

Tiquequê

O grupo Tiquequê de São Paulo/SP foi representado por Wem, que reúne em seu currículo artístico vários projetos musicais infantis e dividiu palco com grandes nomes e grupos como Carlinhos Brown, Palavra Cantada, Barbatuques, entre outros. A característica do Tiquequê, formado há mais de 15 anos, é encantar as crianças através da mistura de linguagens.

Ana Cristina

Itabirana, radicada em Belo Horizonte, Ana é cantora, compositora, gestora e consultora de projetos, publicitária e agitadora cultural. Suas músicas já chegaram as rádios de Portugal, Holanda, Bélgica, Itália e Brasil. Pesquisadora e autora de diversos CDs solos, também promove em escolas atividades que incentivam a leitura e a criação poética.

Bob Vieira

Ao som da viola caipira, Bob Vieira interpreta suas rimas com muita interação e diversão. As crianças, enquanto se divertem, conhecem ritmos como: fandango, catira, cururu, moda de viola, cateretê, São Gonçalo e recortado. Além da viola, Bob Vieira também toca a gaita de boca e a gaita ponto 8 baixos numa sonoridade vibrante e ritmada.

Eduardo Klebis

Eduardo Klebis é compositor, poeta e cantor. Fundador dos grupos Angu e Angudadá, desenvolve um trabalho com a missão de proporcionar o contato dos pequenos com um repertório original composto por elementos significativos do universo infantil, das culturas do mundo e dos avanços estéticos na música, na poesia e em outras artes. Além dos álbuns gravados com os dois grupos que fundou, Eduardo é autor de canções gravadas no Brasil, em Portugal, na Espanha e nos EUA por diversos intérpretes.

Itaercio Rocha

Itaercio Rocha tem sua formação nos estudos contemporâneos em dança (UFBA e FAV) e graduado em educação artística com habilitação em artes cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná. Produziu inúmeros CDs e espetáculos com parceiros, em produções autorais e principalmente com o grupo Mundaréu.

José Navarro

José Navarro, catarinense de Joinville radicado em Curitiba, é médico veterinário, mestre na área ambiental, também se graduou em musicoterapia e pós graduou em música na educação infantil (UNESPAR-FAP). Seja no grupo Mundico ou através de projetos solos, reúne vasto repertório e atua como compositor, músico, autor, produtor e educador.

Kamile Levek

Kamile é natural da cidade de Curitiba, onde iniciou sua carreira musical como guitarrista de diversas bandas. Mudou-se para Salvador, onde deu continuidade na sua formação musical, sendo doutora em educação musical pela UFBA. Também fundou o grupo Canela Fina e é compositora e guitarrista do grupo Samba das Moças.

Má Ribeiro

Má Ribeiro é atriz, palhaça e musicista, formada em artes cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP). Atua em diversas companhias e projetos cênicos, e integra os grupos musicais Siricutico e Filhas da Fruta. Após residência artística em Portugal, investiga sobre o corpo, música, dança, na relação e troca com as pessoas e com os espaços.

Paulo Bi

Paulo Bi fez shows pelo Brasil, Japão, África do Sul, Suíça, Alemanha, Espanha, Uruguai e Colômbia. Lançou seu primeiro material para crianças em 1999. Reúne diversas publicações com composições próprias, folclóricas ou releituras

Solange Sá

Solange Sá é cantora, compositora e professora de canto popular. É idealizadora da banda Piolhos, com músicas para crianças, jovens e famílias. Em suas canções, a compositora tem um viés lúdico e também crítico. Os temas variados, tem um traço comum que é tratar de assuntos universais e ou atuais, utilizando o humor e um certo deboche para despertar e cutucar o senso crítico dos ouvintes.

Vange Milliet

Vange Milliet é musicista e compositora do Gangorra, projeto e música infantil que formou com seu marido Paulo Lepetit. Todas as músicas são de autoria do casal, tratam de temas que refletem o cotidiano, bem como o universo questionador das crianças.

FOMENTADORES

Este projeto é realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.

FAQ / Dúvidas Frequentes

Qual é o período de inscrição?
De 25 de março a 08 de maio de 2020.
 
Quando serão divulgados os selecionados?
Os 5 artistas selecionados para a mostra serão divulgados no dia 22 de maio de 2020 no site do Curitibim.
 
Um artista solo pode se inscrever no Curitibim?
Sim.
 
Um grupo de música infantil pode se inscrever no Curitibim?
Sim, porém o grupo será representado no placo por no máximo 2 de seus integrantes.
 
Terei suporte musical durante a apresentação na mostra?
Sim, todos os artistas serão acompanhados por uma banda base disponibilizada pelo evento.
 
Sou artista solo e tenho interesse em ir acompanhado de alguém, o projeto cobre os custos do meu convidado?
Neste caso não, o projeto cobre apenas os custos do artista.
 
Estive entre os selecionados das edições anteriores do Curitibim, posso me inscrever novamente?
Sim, porém apresentando outras composições.
 
Qual é o contato de vocês?
Você pode falar conosco no curitibim@parabole.com.br
 

@ 2020 CURITIBIM - Mostra de Música para crianças